Uma noite elegante apresenta: Céu e Maria Gadú, dois shows imperdíveis no dia 10 de novembro, no NET Live Brasília

Com o patrocínio da NET O Mundo é dos Nets, Claro e da Samsung SUHD, dois dos maiores nomes da música popular brasileira, Céu e Maria Gadú, retornam à Brasília para lançarem seus novos álbuns de trabalho, Tropix e Guelã, além de cantarem os sucessos que marcaram suas carreiras, no dia 10 de novembro, no NET Live Brasília. A abertura do evento será feita pelo cantor Ricardo Ribeiro e banda.

Pré-venda para clientes NET será no dia 23 de setembro (sexta-feira), na Central de Ingressos do Brasília Shopping, com benefício de desconto de 50% sobre o valor da inteira para os clientes NET. As vendas gerais, iniciam no dia 24 de setembro (sábado), também pela internet no site www.eventim.com.br e call center 4003-6560.

Maria Gadú
Maria Gadú (1986) é cantora e compositora brasileira de música popular. Recebeu duas indicações ao Grammy Latino nas categorias Melhor Artista Revelação e Melhor Álbum de Cantor/Compositor.

Maria Gadú nasceu em São Paulo, no dia 04 de dezembro de 1986. Ainda criança já mostrava sua vocação para a música. Em 2008 mudou-se para o Rio de Janeiro quando começou a cantar e tocar violão nos bares da zona sul.

Em 2009 a cantora ganhou destaque a participar da trilha sonora da minissérie Maysa: Quando Fala o Coração, com a música “No me quitle pas”. Nesse mesmo ano gravou seu primeiro álbum intitulado “Maria Gadú”, que logo ganhou espaço na mídia. Teve a canção “Shimbalaiê”, sua primeira composição escrita aos dez anos de idade, incluída na trilha sonora da novela “Viver a Vida”.

Em 2010, Maria Gadú participou de shows de diversos artistas, entre eles, a dupla Chitãozinho e Xororó, o sueco Eagle-Eye Cherry e a cantora Maria Carolina. Nesse mesmo ano, recebeu duas indicações ao Grammy Latino na categoria de Melhor Artista Revelação e Melhor Álbum de Cantor/ Compositor. Em 2011 lançou seu segundo álbum de estúdio intitulado “Mais Uma Página”. Em 2013 a cantora lançou o álbum “Nós”.

Em 2014 foi para Portugal, onde fez shows na sala de espetáculos Coliseu, de Lisboa e do Poro, onde cantou seus principais sucessos.

A cantora e compositora Maria Gadú lançou seu terceiro álbum de carreira recentemente.
Em Guelã, Maria Gadú transcende as expectativas trazendo sonoridades inovadoras, sustentadas por um álbum muito bem conceituado e amarrado – desde suas sensíveis músicas até seu belo projeto gráfico. Faixas como “obloco” e “tecnopapiro” colocam em evidência a habilidade de Maria Gadú em sempre surpreender, transbordando musicalidade e lirismo. O álbum lançado em maio deste ano foi indicado ao Grammy Latino na categoria “melhor álbum de Música Popular Brasileira”.

Em junho de 2015, a artista lançou em São Paulo sua nova turnê “Guelã”. O espetáculo, que reúne também os músicos Federico Puppi, Lancaster Pinto e Felipe Roseno, apresenta o novo repertório, novas leituras das canções de álbuns anteriores e algumas surpresas.

Céu
Céu brinca com beats. Debruçada sobre a luz do monitor, ela move o cursor de lá para cá, clicando e arrastando frases musicais traduzidas em gráficos horizontais. E por mais fluidos e quentes que sejam os sons que ela manipula, eles se traduzem em uma linguagem dura, reta, quadrada e fria. Graves encorpados, vocais sussurrados, ritmos malemolentes – todo calor humano desaparece quando visualizado por gráficos de programas de edição de áudio. Foi quando ela percebeu a constância do ritmo na sequência de picos de uma determinada onda sonora e um clique soou – dentro dela.
Foi a partir deste insight que ela começou a mais ousada reinvenção de sua carreira. Tropix é um disco sintético, noturno, reluzente. “Perfume do Invisível”, a faixa de abertura, começa com a cadência mole e vocais de apoio que remetem diretamente à faixa-título de seu segundo disco, Vagarosa. Mas logo em seguida entra a guitarra disco music e o beat de pista de dança. De repente ela se desvencilha das diferentes camadas orgânicas que compunham seu universo musical para entrar num mundo de timbres frios, linhas de baixos pontiagudas, viço robótico, ciclos repetitivos, eletrônica vintage.

Tropix é um mergulho neste universo de texturas artificiais que atravessa diferentes experimentos sônicos da segunda metade do século passado: o trip hop dos anos 90, a discoteca do final dos anos 70, o R&B dos anos 80, o casamento do hip hop com a música eletrônica. No entanto, não é uma viagem no tempo. O novo disco de Céu é um olhar do século 21 e traça uma genealogia pessoal de um mundo musical específico, um processo semelhante à viagem jamaicana feita em seu disco-irmão Vagarosa. Mas este era um disco que habitava o vasto e imponente cânone do reggae, e sua conexão com o sotaque brasileiro da musicalidade de Céu fazia um sentido sentimental lógico, devido à conexão entre as tradições musicais dos dois países.

Samuel e Lô assinam a direção do show e sobem ao palco acompanhados por uma banda formada por Alexandre Mourão (contrabaixo), Telo Borges (teclados) , Doca Rolim (guitarras e violões) e Robinson Matos na bateria.

No repertório, as novas “Lampejo” e “Dupla Chama”, além de vários clássicos dos dois artistas, como “Paisagem da Janela”, “O Trem Azul”, “Para Lennon e McCartney” e “Um Girassol da Cor do Seu Cabelo”; “Te Ver”, “Resposta”, “Três Lados” entre outras.

Informações

Data: 10 de novembro de 2016, quinta-feira, às 21h30
Abertura dos portões: 19h
Duração aproximada do evento: 4h
Tipo do evento: Show
Local: NET Live Brasília (SHTN Trecho 2, Quadra 5, Bloco A).
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 16 anos.
Informações: (61) 3306-2030 / 4003-6860

Valores dos Ingressos

Lounge: R$3.000,00 (inteira) e R$1.500,00 (meia/Promo NET)*
Mesas (4 cadeiras): R$1.400,00 (inteira) e R$700,00 (meia/Promo NET)*
Camarote: R$400,00 (inteira) e R$200,00 (meia/Promo NET)*
Pista: R$200,00 (inteira) e R$100,00 (meia/promo NET
* Valores dos ingressos sujeitos à alteração de preço sem aviso prévio e cobrança de taxa de conveniência

Pontos de Venda

Vendas On-Line e Call Center:
Pela Internet: Eventim.com.br (clique)
* sujeitos à taxa de conveniência e de entrega.

Bilheteria Oficial
Central de Ingressos: Brasília Shopping (Piso G2)
Bilheteria do NET Live Brasília (Somente no dia do show): SHTN, Trecho 2, Conjunto 5, Lote A – Asa Norte, Brasília – DF

Promoções

Promoção de 50% sobre o valor da inteira:
Clientes NET: apresentar, junto com o documento de identidade, a última fatura paga do mês vigente ou anterior.
Clientes Claro: apresentar, junto com o documento de identidade, a última fatura paga do mês vigente ou cartão Clube Claro.
Alunos Academia Bodytech: apresentar última mensalidade paga do mês vigente ou anterior.

Observação: Ingressos promocionais destinados aos clientes NET, Claro e da Bancorbrás que efetuarem compra serão vendidos com 50% de desconto, sobre o valor da inteira, não sendo cumulativo o desconto, com a quantidade máxima estipulada de 10% da capacidade da casa por setor. Desconto limitado a 04 ingressos por titular.
Meia-entrada: Alunos e professores do ensino público ou privado, jovens de baixa renda entre 15 e 29 anos e maiores de 60 anos. Valores da meia-entrada é limitado a 40% da capacidade do local. É obrigatória a apresentação do documento previsto em lei que comprove a condição de beneficiário no ato da compra e entrada do evento (para compras na bilheteria oficial e pontos de venda físicos) / na entrada do evento (para compras via internet).

Formas de Pagamento

Dinheiro;
Cartões de Crédito MasterCard, American Express, Visa e Diners;
Cartões de débito Visa Electron e MasterCard.