PIAF! O SHOW  - 15 de MAIO
MUSICAL 100 ANOS DE EDITH PIAF CHEGA PELA PRIMEIRA VEZ EM BRASÍLIA, NO DIA 15 DE MAIO, NO NET LIVE BRASÍLIA.

Com o patrocínio da NET, Claro e Samsung, o musical “Piaf O Show – Anne Carrere, que celebra o centenário da cantora francesa Edith Piaf (1915-1963), chga à Brasília no dia 15 de maio, no NET Live Brasília, depois de passar pelo Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre e Curitiba.
Inspirado no filme ” Piaf! Um Hino ao Amor”, “Piaf! O Show” conta a história de vida e da carreira da inesquecível diva da música Edith Piaf através de todas as suas canções de sucesso, interpretadas por Anne Carrere
A pré-venda para clientes NET será realizada no dia 4 de abril (sexta-feira), das 10h às 22h, na Central de Ingressos do Brasília Shopping (Piso G2). As vendas gerais iniciam no dia 5 de abril (sábado).
As dores e as delícias de uma das maiores intérpretes que já existiram chegam aos palcos brasileiros. No ano de seu centenário, a cantora Edith Piaf é revisitada em toda a sua intensidade no espetáculo francês “Piaf! O Show”.
No musical, o começo da carreira, quando La Môme Piaf (“pequeno pardal”, em português, como costumava ser chamada) trabalhava nas ruas do bairro Montmartre nos anos 1930, de bar em bar por míseros trocados, está devidamente representado, mas suas tragédias –o abandono que sofreu na infância, as perdas do filho e do marido e a dependência química–, não terão tanto peso no musical.
“Duas partes da vida de Piaf estão nesse musical. No primeiro ato, ela é uma jovem cantando nas ruas e, no outro, representamos um de seus concertos mais famosos de 1961, no Olympia. A tragédia é o menos importante. ‘Mon Dieu’ e outras canções poderosas de seu repertório já traduzem essa fase”, explica a própria Piaf do espetáculo, a cantora Anne Carrare. “É muito difícil, porque ela era uma pessoa muito frágil. Queríamos manter o lado positivo da vida da Piaf. O vício em morfina surgiu porque ela era muito doente e fraca.” Mesmo assim, a tarefa não foi fácil para a atriz de 29 anos. “É preciso ter uma personalidade forte para interpretá-la”, reconhece.
Embora seja inspirado no filme “Piaf – Um Hino ao Amor”, de Olivier Dahan, que levou Marion Cotillard a ganhar o Oscar de melhor atriz por sua interpretação visceral da cantora, o espetáculo tem como missão expurgar os demônios e focar na força artística da artista.
Mesmo por telefone, direto de Paris, Anne demonstra uma timidez que inicialmente contrasta com a persona dramática de Piaf, embora ela guarde intimidade com o repertório da cantora desde a infância. “Piaf faz parte da minha vida desde muito cedo. Eu costumava ouvir todas as canções com a minha avó. Ficava impressionava com essa voz tão particular e poderosa. Eu cantava para minha avó e descobri que eu queria me tornar uma cantora profissional. Como você sabe, Piaf se tornou profissional aos 22 anos, então eu fui atrás para aprender. Foi uma paixão para mim.”
Piaf foi uma pessoa importante, de canto forte, emocional, e que passava todo o amor, o poder e sua personalidade nas melodias. Essas canções são reconhecíveis, porque são a vida. Com todos seus altos e baixos” Anne Carrere, atriz.
No palco, acompanhada de quatro músicos, ela arrancou elogios da crítica francesa. Especialmente da cantora Germaine Ricord. Amiga e confidente de Piaf, Ricord disse aos quatro ventos que Anne era quem mais se aproximava de Piaf nos shows. Aficionada pelas “chansons” francesas e com experiência no canto e na dança, Anne pediu um encontro com Ricord e Bernard Marchois, presidente do Comitê Piaf e diretor do Museu Piaf de Paris Timesquare, para se aproximar ainda mais da personagem que representaria.
“Germine era parceria de turnê dela e relembrou das vezes em que Piaf tomava de assalto o palco, sem músicos, e cantava à capella”, conta. As histórias e o gestual foram aos poucos incorporados por Anne. “Piaf era sempre performática, operística. Ela abria as cortinas, e o público não acreditava.”
Canções da vida
Antes de vir ao Brasil, a atriz fez questão de pesquisar a razão de Piaf também ser conhecida em um país com clima e cultura tão diferentes. “Sei que vocês têm Bibi Ferreira aí. Pesquisei no YouTube”, confessa, citando a atriz e cantora que também interpreta canções famosas na voz de Piaf.
Ela acredita que a força das interpretações da artista francesa, que após mais de 50 anos de sua morte ainda ultrapassa fronteiras, é o que coroa o centenário da cantora. “Ela foi uma pessoa importante, de canto forte, emocional, e que passava todo o amor, o poder e a sua personalidade nas melodias”, observa. “Essas canções são reconhecíveis, porque são a vida. Com todos seus altos e baixos.”

Informações

Data: 15 de maio, às 21h (sexta-feira). Às 21h00.
Horário: Portões – 19h.
Duração: aproximadamente 1h30min
Local: NET LIVE BRASÍLIA (SHTN Tr. 2, Conj. 5, Bloco A, Parte A – ao lado do Bay Park).
Classificação indicativa: Não recomendada para menores de 16 anos.
Serviço: Acesso para deficientes, estacionamento pago na Vila Mix com serviço de transfer, ambiente com ar condicionado, bares e serviços de apoio.

Valores do Ingressos

Lote 1
Cadeira Ouro: R$200,00 (meia/promo)
Cadeira Prata: R$150,00 (meia/promo)

Pontos de Venda

CENTRAL DE INGRESSOS DO BRASÍLIA SHOPPING (PISO G2)

Vendas On-Line e Call Center

Pela Internet: www.ingressorapido.com.br – 4003-1212
Entrega em domicílio – taxas de conveniência e de entrega.

Promoções

Promoção de 50% sobre o valor da inteira:
Clientes NET: apresentar, junto com o documento de identidade, a última fatura paga do mês vigente ou anterior.
Clientes Claro: apresentar, junto com o documento de identidade, a última fatura paga do mês vigente ou cartão Clube Claro.
Alunos Academia Bodytech: apresentar última mensalidade paga do mês vigente ou anterior.

Formas de Pagamento

Dinheiro;
Cartões de Crédito MasterCard, American Express, Visa e Diners;
Cartões de débito Visa Electron e MasterCard.